EDUCAÇÃO INFANTIL PASSO A PASSO

Quando somos criancinhas não precisamos de contos de fadas, só precisamos de contos. A vida pura e simples é suficientemente interessante. Uma criança de sete anos se impressiona quando lhe contam que Tommy abriu a porta e viu um dragão. "Mas uma criança de três anos se impressiva quando lhe contam que Tommy abriu a porta" (Livro Educar na Curiosidade).

  • Protagonismo

  • As crianças são dotadas de potencialidades extraordinárias de aprendizado e de mudança, de múltiplos recursos afetivos, relacionais, sensoriais, intelectuais. Cada criança é sujeito de direitos de ser respeitada e valorizada na própria identidade , diferença e no seu desenvolvimento e crescimento.

  • Brincar

  • No cotidiano da escola as crianças tem espaços provocativos ao brincar, areia, quintal, jardim, materiais não estruturados, água, brincadeira livre, Cantinhos simbólicos.

    A partir dessa linguagem da infância, com olhar sensível de educadores podemos enxergam a beleza e a poética que emerge no Brincar.

  • Cultura da Infância

  • A Cultura da Infância está presente nos gestos, nas descobertas, falas, aprendizados, construções imaginárias que as crianças revelam no Brincar, no desenho, nas pinturas, na expressão corporal, na curiosidade. A transmissão cultural entre elas e entre os adultos são importantes para manutenção e preservação dessa linguagem própria da infância

  • Escuta

  • A escuta é um processo permanente que alimenta reflexão, acolhimento e abertura em direção a si e em direção ao outro, é condição indispensável para o diálogo e a mudança.